Kunlaboro
Temas que constroem um Mundo Melhor!
Desde 25/03/2007 Estatísticas1068438 visitas.

Saúde e Medicina

Vídeos

Engenharia Tecidual e Transplantes de Pele

Próteses

Solidariedade

Políticas de Saúde Pública

espanhol

português

SUS

Mais Médicos

Tratamento de Transtornos

Pulverização Aérea de Agrotóxicos

Artigos

Políticas de Saúde Pública

Sobre o ministro da saúde

Pulverização Aérea de Agrotóxicos

Antes do Golpe

Assistência Médica

Hospitais

Pós-Graduação Lato Sensu

Pós-Graduação Stricto Sensu

Tecnologias Tridimensionais

Melhorias da Qualidade de Vida

Apoio ao Deficiente Visual

Apoio ao Deficiente Físico

Prevenção de Acidentes

Avaliação, Tratamento e Recuperação de Adictos

Rio de Janeiro

Cursos

Emergências

Ambulatórios

Centros de Recuperação

Barra Mansa

Campos dos Goytacazes

Duque de Caxias

Maricá

Niterói

Citações

Sobre a Medicina

"Os médicos católicos são chamados a oferecer às culturas atuais, marcadas pelo secularismo e o relativismo, a importante contribuição do pensamento cristão, que abre à dimensão ética e espiritual e ilumina com o esplendor da verdade" Papa Francisco

Sobre o Alcoolismo

"A falta de ideal, de objetivo existencial, de fatores que proporcionem a autorrealização, de conduta religiosa otimista, de solidariedade fraternal, de afetividade equilibrada, constituem armadilhas que precipitam os incautos nos fossos terríveis da loucura, do suicídio, do homicídio...

A própria busca dos alcoólicos, assim como dos tóxicos, decorre de uma necessidade inconsciente de autodestruição, fugindo pelos corredores estreitos do prazer alucinado até à consumpção, por não dispor de espaço emocional para a alegria ampla, nem as experiências gratificantes do prazer natural.

É uma chaga social e moral das mais graves o alcoolismo, porque muito bem-aceito nos conglomerados humanos, por significar nos grupos economicamente elevados um status correspondente ao poder, à glória, à fama, ao destaque... e nos guetos representar um mecanismo de fuga da realidade; de igual forma é a asfixia na ilusão.

Paradoxalmente, a sociedade receita a ingestão de bebidas alcoólicas nas suas reuniões e festas como a melhor forma de expressar o júbilo, porque, na maioria das vezes, aqueles que acorrem a esses encontros festivos estão fugindo da solidão, dos conflitos pessoais e familiares, do estresse do trabalho, das injunções do superego castrador e exigente, afogando as ansiedades e os medos nos delírios do falso prazer.

Bebe-se socialmente, em grupos elevados ou de baixo contexto econômico; gera-se dependência, sem reconhecer-se a gravidade do fenômeno até o momento quando o indivíduo se torna alcoólico e o retorno é quase impossível."
Fonte: O Despertar do Espírito, Joanna de Ângelis, Editora Leal, 9ª Edição, 2013, p. 57. (Série Psicológica, volume 10)

Sobre a Doação de Órgãos

"De que lado da fila você está? Porque é muito fácil, você falar "eu não vou fazer" se você estiver do lado de cá da fila. Eu não preciso, ninguém da minha casa precisa. Mas, e do lado de lá? Eu pensei assim: eu estou passando por isto, talvez alguma mãe não vá passar... Eu posso escolher que essa mãe, por intermédio do meu filho, ela não vai chorar o que eu estou chorando."
Ana Paula Sousa, Mãe de Doador. Fonte: Vídeo Anjos da Vida - Em Busca da Doação de Órgãos, 26:36 a 27:09.

"Quando o ser está consciente da sua imortalidade e compreende quão valiosa para outras vidas será a doação dos órgãos que lhe têm sido úteis e preciosos, caminhando para a dissolução, podendo, no entanto, salvar outras vidas, diminuir as angústias do seu próximo, a mesma se lhe apresenta como forma dignificante de crescimento íntimo.

Olhos que viram belezas e irão arrancar das trevas pessoas que tateiam sem luz; rins que filtraram o sangue da vida e poderão libertar das pesadas e perigosas injunções das máquinas de hemodiálise; pele saudável que substituirá tecidos queimados ou dilacerados rudemente... coração, pulmão, fígado, glândulas que a ciência poderá utilizar em momento próprio, serão incomuns benefícios para a humanidade, desde que haja ocorrido a morte real dos doadores...

O transplante de órgãos direcionado à dignificação da vida humana e realizado sob os auspícios de uma bioética trabalhada na Lei do Amor, representa grandioso passo da humanidade que ruma para o futuro melhor, apesar de a morte, que a todos aguarda, continuar inevitável como processo de liberação do corpo, para a existência espiritual, esta sim a verdadeira e eterna."
Fonte: Dias Gloriosos, Joanna de Ângelis, Editora Leal, 4ª Edição, 2010, p. 76.

Fontes Recomendadas

Vídeos no YouTube

Livros e Capítulos de Livros

http://www.kunlaboro.pro.br/saude-e-medicina